Ingressos Natal Luz de Gramado
Comprar Ingressos para o Natal Luz 2020/2021 - garanta o seu lugar agora mesmo!

35° Natal Luz de Gramado CONFIRMADO!!! De 22 de outubro de 2020 à 30 de janeiro de 2021!

A resposta para a sua dúvida pode estar aqui na nossa página de perguntas frequentes! Clique aqui!

Perguntas frequentes

1) O Natal Luz de Gramado 2020/2021 vai acontecer?

Sim. O evento já foi confirmado pela GramadoTur (autarquia organizadora e responsável pela realização do evento).

2) Qual a data do Natal Luz de Gramado 2020/2021?

A data divulgada pela organização do Natal Luz foi: 22/10/2020 à 30/01/2021, podendo ser alterada em razão da pandemia da Covid-19.

3) Se a data for alterada, será possível alterar os meus os ingressos?

Sim. Haverá uma flexibilização nas alterações das datas, devendo sendo observado o limite de espaço que será disponibilizado para cada evento em cada dia, considerando-se eventuais medidas de distanciamento controlado.

4) Se em razão da pandemia eu tiver que cancelar meus ingressos, serei reembolsado?

Sim. O reembolso ocorrerá, entretanto, a devolução ocorrerá sempre de acordo com a ordem cronológica dos pedidos, não sendo assinalado prazo específico para que ocorra, em razão da situação excepcional que estamos vivenciando, devendo, entretanto, ser realizado o mais breve possível após a solicitação.

5) A organização do Natal Luz adotará medidas de controle ao coronavírus?

Sim. Se na data da realização do evento ainda tivermos problemas relacionados à pandemia, a organização adotará todas as medidas necessárias para atender às disposições das autoridades sanitárias.

6) Sou professor, tenho direito à meia-entrada?

Não. Cada Estado é responsável por decidir sobre essa extensão do direito à meia-entrada para professores, e no Estado do Rio Grande do Sul, essa concessão não é uma obrigatoriedade.

7) Tenho problema de visão, posso entrar na condição de deficiente somente com uma receita do médico?

Não. Só terão direito à meia-entrada as pessoas que se enquadrarem nas disposições do questionamento 8, letra "d".

8) A quem é destinada à meia-entrada?

a) Estudantes: este benefício é concedido aos estudantes regularmente matriculados nos níveis e modalidades de educação e ensino previstos no Título V da Lei número 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que comprovem sua condição de discente, mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste, podendo a carteira de identificação estudantil ter 50% (cinquenta por cento) de características locais;

b) Crianças: 4 à 12 anos compram com esse benefício/Crianças até 3 anos e 11 meses são isentas, desde que acomodadas no colo dos pais.

c) Idosos: Pessoas com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos têm direito a meia-entrada. Para comprovação, basta apresentar o Documento de Identidade (RG);

d) Portadores de necessidades especiais e acompanhante: Têm direito à cota de meia-entrada as pessoas com necessidades especiais e um acompanhante. O documento exigido no local de realização do evento para pessoas com necessidades especiais, será:

a) O cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da pessoa com deficiência; ou
b) Documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS capaz de atestar a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013.
O documento do beneficiado, sempre deverá ser acompanhado do documento de identificação com foto expedido por órgão público e válido em todo o território nacional.
Acompanhante: também tem direito ao benefício da meia-entrada o acompanhante da pessoa portadora de necessidades especiais, lembrando que só é admitido um acompanhante por pessoa com necessidade especial.

e) Jovens de baixa renda: Terão direito à meia-entrada, jovens com idade compreendida entre 16 e 29 anos que pertençam à família com renda mensal de até dois salários mínimos, e que estejam comprovadamente inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico.
O documento que dá direito ao benefício pelo jovem de baixa renda, é a carteira de Identidade Jovem e será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016.
Para comprovação do direito ao benefício da meia entrada, o beneficiário deverá apresentar no local de realização do evento, além do documento comprobatório acima, o documento de identidade oficial com foto expedido por órgão público e válido em todo o território nacional.

f) Doadores de sangue, registrados em hemocentro e bancos de sangue de hospitais do Estado do Rio Grande do Sul (Lei Estadual 13.964/2002). Mediante a apresentação da Carteira de Doador de Sangue atualizada.

* Não se encaixam no Título V da lei 9394/96 os estudantes de curso livre, pré-vestibular e idiomas.

Em caso de dúvidas, acesse o decreto: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Decreto/D8537.htm